Esporão do Calcâneo

Definição

  • Espolón de Calcáneo
  • Espolón de Calcáneo
  • Espolón de Calcáneo
  • Espolón de Calcáneo
  • Espolón de Calcáneo

O esporão do calcâneo é uma proeminência óssea que se produz no calcanhar, precisamente na curvatura ascendente e anterior ao ponto de apoio do osso calcâneo. O seu nome procede etimológicamente da palabra espora, com a qual se relaciona tanto pela sua posição como pela sua forma.

O esporão dói e priva o calcanhar de apoio normal. Rodeia-se de uma bolsa inflamatória que também é dolorosa.

Causas

O esporão tem origem na tensão que sofre a fibra subcutânea que está situada sob o pé, como a aponeurose plantar, por causa de determinados movimentos, especialmente em pessoas com excesso de peso, que têm os pés muito arqueados ou realizam exercícios violentos.

Tratamento

1.- Conservador: Diminuição do peso corporal, uso de almofadinhas no sapato, medicação anti-inflamatória.

2.- Cirúrgico: Até há poucos anos atrás dispunhamos apenas da cirurgia aberta convencional que obrigava a tocar os tecidos adjacentes situados na zona de apoio do calcanhar, pelo que a recuperação da marcha do paciente era longa e desconfortável. Hoje em dia, com a técnica mini-invasiva ou percutânea não tocamos nos tecidos de apoio, pelo que a recuperação da marcha é imediata e com poucas dores.

Técnica aberta: Requer uma incisão de uns 6 cm. Actua-se sobre os tecidos moles eliminando a aponeurose e actua-se sobre o osso ressecando o esporão (técnica de Du Vries, 1957). Também se praticam perfurações no calcâneo (técnica de Hassan, 1974).

Técnica percutânea: Aplicando anestesia local, pratica-se a ressecção ou eliminação do esporão com uma incisão mínima de dois ou três milímetros, tanto na pele como nos tecidos interiores até chegar à proeminência óssea. Pratica-se a ressecção segundo a técnica de Du Vries e, por meio das fresas utilizadas na ressecção, fragmenta-se e remove-se a prominencia óssea que sai em forma de massa óssea. Fecha-se a pele com um ponto de sutura. Coloca-se um pequeno penso e é possível caminhar de imediato.

Nenhuma intervenção cirúrgica está isenta de riscos, sejam eles derivados da anestesia local, do tipo de intervenção praticada, ou os próprios de cada paciente.

Anterior Seguinte